Comunidade sustentável -Horta agroecológica

COMUNIDADE SUSTENTÁVEL
-HORTA AGROECOLÓGICA-

O projeto Comunidade Sustentável busca analisar e implementar práticas mais sustentáveis no dia a dia das comunidades de forma que não altere o modo de vida cotidiana de seus habitantes. Tendo em vista a ausência de políticas públicas, as comunidades rurais convivem com um abastecimento de água ineficaz ou mesmo inexistente.

Em visita a comunidade escolhida, foram identificados vários problemas, entre eles a falta de água contínua e de um sistema de esgotamento sanitário, a contaminação do lençol freático e a degradação da área de preservação permanente.

Então, para a realização desse projeto, foi feita uma pesquisa pelos membros do Engenheiros Sem Fronteiras Divinópolis, juntamente com a Secretaria Municipal de Agricultura, com o objetivo de selecionar em qual comunidade seria implementado o projeto Comunidade Sustentável. Com isso, ficou definido que a que mais atendia aos critérios pré-definidos era a comunidade rural de Branquinhos.

Os projetos propostos a serem trabalhados pelo apoio da UEMG – Unidade de Divinópolis foram: Horta Agroecológica; Esgotamento Sanitário e Captação de Água Pluvial e pelo polo do Pitágoras – Unidade de Divinópolis foram: Recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APP), Aquecedor Solar de Baixo Custo e Abastecimento de Água.

HORTA AGROECOLÓGICA

A Horta Agroecológica visou beneficiar 60 famílias da comunidade de Branquinhos, situada na zona rural da cidade de Divinópolis e as comunidades banhadas pelo córrego que passa na comunidade.

O cultivo de alimentos é uma prática comum em localizações rurais, porém boa parte desses alimentos não são de boa qualidade devido ao uso indiscriminado de produtos químicos aliado a ineficientes técnicas de cultivo. Com isso, a horta agroecológica busca minimizar os impactos gerados pelo uso de agrotóxicos contribuindo com a saúde da população e com a biodiversidade local, preservando os recursos ambientais. Assim, favorecerá a população local com alimentos saudáveis e posteriormente a população urbana com a venda desses alimentos.

O QUE É A HORTA AGROECOLÓGICA E COMO FUNCIONA?

A Horta Agroecológica é o resultado de um sistema de produção agrícola que busca harmonizar os recursos naturais. Provém de um cultivo que observa as leis da natureza, respeitando a água, o solo, as plantas e os animais.

O projeto propõe a utilização de adubos naturais de origem suína e ovina e técnicas de compostagem, dessa forma, livrando os alimentos de componentes químicos. Além de estabelecermos um sistema de irrigação econômico e eficiente, visando a economia de água. Esse sistema utiliza técnicas de gotejamento com o objetivo de suprir as necessidades da plantação com um pequeno volume de água. A instalação de mangueiras, com pequenos furos próximas das raízes, fazem com que a água seja absorvida facilmente, garantindo essa economia. Para uma maior eficiência e contenção de gastos, o sistema de irrigação possui um dispositivo tecnológico denominado “timer”, que aciona a bomba de água para a irrigação nos horários e prazos estabelecidos pelo agricultor.

Inicialmente a horta contará com a doação de mudas e sementes de agricultores, posteriormente as mudas e sementes serão custeadas pelo lucro das vendas dos alimentos.

PROCESSOS DO PROJETO:

Foram realizadas pesquisas sobre a prática da agroecologia, horta familiar e bioágua, analisando seus benefícios e formas de implantação, com enfoque nas técnicas sustentáveis, tais como:

  • Utilização de recursos naturais renováveis;
  • Ausência de agrotóxicos;
  • Utilização de adubos naturais e reciclagem de nutrientes;
  • Maior valor nutricional do alimento;
  • Manter a biodiversidade;
  • Baixo custo de manutenção;
  • Complementar a renda familiar através da venda dos produtos orgânicos;

Para essas técnicas serem realizadas, foi montado um sistema de implementação:

  • Mobilização dos moradores da comunidade de Branquinhos – MG;
  • Identificação de famílias interessadas com o projeto;
  • Estudo da área para implementação da horta agroecológica, levando em consideração as características do local de implementação, qualidade do solo, disponibilidade de água e culturas que mais se adaptam às condições locais.
  • Construção da Horta Agroecológica;
  • Instalação do sistema de irrigação;
  • Plantio;
  • Colheita;
  • Manutenção;

Para a implantação da horta foi necessário a utilização de mão de obra e alguns materiais, para isso os integrantes do projeto e os donos da horta se disponibilizaram para a execução do serviço e compra dos materiais. Os recursos financeiros foram obtidos através de doações.

A Horta Agroecológica não possui grande diversidade de produtos e materiais para a sua instalação. No entanto, a maioria de seus materiais são bem duráveis, exceto as mudas e sementes.

O custo de manutenção da horta é consideravelmente baixo, já que será somente para a compra de matéria-prima. Portanto, depois da implementação, os valores obtidos são bem maiores que o custo.

Houve a necessidade de uma objetiva e simples educação ambiental que descreveu como nutrientes naturais e alguns tipos de plantas podem ajudar no crescimento e qualidade do alimento. Para isso, após uma apresentação, pequenas cartilhas foram entregues a população, onde simples dicas facilitaram a implantação e manutenção da horta.

Além dos benefícios econômicos, o projeto desenvolveu melhorias na saúde dos consumidores destes alimentos e favoreceu o agricultor por não manipular produtos químicos mais. E como nosso foco principal, impactos ambientais foram minimizados gradativamente.

O projeto da “Comunidade Sustentável” se diferencia pelo fato de haver envolvimento, preocupação com os resultados e planejamento das ações de ambos os lados, ou seja, da comunidade e do ESF. Essa interação dupla é relevante e de benefício mútuo, pois ao ajudar a comunidade a melhorar sua qualidade de vida e a preservar o ambiente ali existente, o núcleo adquiriu uma experiência sem igual.

Assim sendo, a ideia do projeto vem de modo a comprovar que a responsabilidade ambiental que cada um de nós possui quando utilizada de modo amplo pode gerar desenvolvimento e impacto positivo no cenário ambiental.

NOSSOS RESULTADOS:

05/03/2015

Data de início;

01/02/2016

Data de conclusão;

50

Membros participantes;

250

Pessoas impactadas diretamente;

600

Pessoas impactadas indiretamente;

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) alcançados:

1- Erradicação da pobreza;

2- Fome zero e agricultura sustentável;

3- Saúde e bem-estar;

6- Água potável e saneamento;

7- Energia limpa e acessível;

8- Trabalho decente e crescimento econômico;

11- Cidades e comunidades sustentáveis;

12- Consumo e produção responsável;

O projeto ganhou em 1º lugar no Congresso Nacional como projeto destaque em 2015. Houve reconhecimento da mídia local: G1; Portal Gerais;